Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Eventos > CMI recebe Audiência Pública da Saúde
Início do conteúdo da página

CMI recebe Audiência Pública da Saúde

Publicado: Sexta, 28 de Mai de 2021, 15h09 | Última atualização em Sexta, 28 de Mai de 2021, 15h09 | Acessos: 658
imagem sem descrição.

Na manhã desta sexta-feira (28/05) a Câmara Municipal de Itaguaí recebeu a equipe da Diretoria de Planejamento e Desenvolvimento  em Saúde para a realização da Audiência Pública para divulgação dos dados da Secretaria Municipal de Saúde referente ao 1° quadrimestre de 2021, cujo período vai de 01 de janeiro a 30 de abril.

A apresentação foi realizada pela diretora de planejamento e desenvolvimento em saúde, Janaína Reis Monteiro, e transmitida ao vivo pela TV Câmara Itaguaí no canal no YouTube. 

Os dados

Foram apresentadas informações sobre a Rede Assistencial Municipal, como as unidades que realizam Atenção Primária: Estratégia de Saúde da Família (ESF), que conta com 10 equipes; 1 unidade de Clínica da Família, que conta com duas equipes; e 10 Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Na Atenção Especializada existem as unidades de Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), Centro Municipal de Especialidades (CEMES), e o Centro Especialidades de Fisioterapia e Fonoaudiologia (CEFF). 

A Rede de Urgência e Emergência de Itaguaí é composta pelo Hospital Municipal São Francisco Xavier (HMSFX), pela Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA), pelo SAMU -192, e pelo Serviço de Atenção Domiciliar/Equipe Multidisciplinar de Atenção Domiciliar (SAD/EMAD).

Também foram apresentados dados sobre o quadro de  servidores da Saúde. São 210 médicos contratados e 93 efetivos. Somando os servidores contratados e efetivos de nível superior, nível médio da saúde, profissionais de nível fundamental da saúde, administrativos, cargos comissionados e estagiários, o quadro da Secretaria Municipal de Saúde conta com 1822 servidores considerando a média dos quatro meses.

Fonte dos recursos

Segundo os dados apresentados na prestação de contas a Prefeitura de Itaguaí recebeu em recursos fundo a fundo no período do 1º quadrimestre o valor de R$ 10.794.450,90.

Deste valor, o montante de R$ 8.406.189,22 veio em recursos do Governo Federal, que custeou gastos como Assistência Farmacêutica, Atenção Básica, Atenção de Média e Alta Complexidade e Hospitalar, SAMU, Vigilância em Saúde, Coronavírus Covid-19, e Atenção de média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar (Covid-19). 

O valor de R$ 2.388.261,68 foi repasse do Governo Estadual custeando a Assistência Farmacêutica Básica do Estado, cofinanciamento da Atenção Básica, cofinanciamento do SAMU Estadual, Pahi (Programa de Apoio aos hospitais do Interior), Coronavírus (Covid-19), cofinanciamento da Vigilância em Saúde e Rede Cegonha.

Covid-19

Os dados referentes ao enfrentamento da pandemia de Covid-19 pelo município de Itaguaí também foram apresentados na prestação de contas. Entre as informações da Vigilância Epidemiológica, que apresenta as informações sobre as doses de imunizantes aplicadas, destaca-se as 26.093 doses de vacina contra Covid aplicadas pelo município no período de  01 de janeiro a 30 de abril. Os dados são do SIPNI, que é um software do Ministério da Saúde que registra individualmente cada pessoa vacinada.

Segundo os dados epidemiológicos, foram realizados 651 testes rápidos de Covid cujo resultado foi positivo, e 766 testes rápidos cujos resultados foram negativos.

Durante o período analisado, a evolução dos casos residentes foi de 137 pacientes recuperados da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por Covid-19, e 77 pacientes que vieram a óbito por SRAG devido a Covid-19. Ao todo foram 249 notificações de residentes com SRAG por Covid-19. Ao analisar somente os números de síndrome gripal, foram 1.393 casos e 745 casos de Covid-19.

Foram notificados em unidades de saúde 932 testes RT-PCR cujo resultado foi positivo e 2.352 com resultado negativo. Por notificação de SRAG de pacientes internados foram 100 testes de RT-PCR positivados e 51 negativos.

Os dados sobre o monitoramento de Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs) mostram que foram realizados 116 testes em pacientes e 88 testes em funcionários de ILPIs.

registrado em:
Fim do conteúdo da página